Quem é Elias Elias?


Elias Elias é um personagem que, saído de algum daqueles mundos das terras além da imaginação, apareceu em minha mente, me dando o enorme prazer de conhece-lo… Ou não. Pelo menos tive a chance de embarcar, com ele próprio, em uma viagem de autoconhecimento.

E então…

Quem é Elias Elias?

Nem ele próprio pensa muito sobre quem é, apenas sobre quem foi. Porém, contratado para investigar a vida pessoal de outros, Elias Elias pode se deparar com segredos que não gostaria de descobrir.

Inicie comigo uma jornada de revelações neste novo conto de minha autoria, presente na mais recente antologia dos Ases da Literatura.

“O Detetive Elias Elias em: o Drama de Anne” fez sua estreia em novembro, no livro “Segredos de Familia“, novamente acompanhado de excelentes histórias de meus colegas. Em breve estará disponível via loja no site dos Ases, junto aos demais livros.

Por enquanto, fique com alguns trechos:

“Havia dez minutos que eu a ouvira falar ao interfone com uma doce e agradável voz. “Abriu? Alô? Abriu? Oi?”, eu havia perguntado, após acionar o comando de entrada do prédio. Assumo que a dona da voz tenha desistido de subir quando aquela tentação de vermelho surge à minha porta.

Monsieur Elias…? — indaga a dama. Muito sexy. Parece ter saído de algum filme noir de mil novecentos e trinta, preservados por fãs como eu até hoje, dois séculos depois.”

“Não ia ter muito jeito: era seguir o camarada. Só que não é possível, em pleno século XXII, simplesmente ir atrás de alguém, como nos velhos filmes que aprecio.”

 

“Subo as escadas e vou até a entrada do quarto de Annemarie. A porta encontra-se entreaberta. Consigo ver somente o espelho-roupeiro. Annemarie está provavelmente nua de frente a ele, mas é impossível desfrutar de tal visão, pois as roupas virtuais na realidade aumentada do espelho-roupeiro nunca deixariam que isso acontecesse. Por mais de meia hora Annemarie gesticula da direita para a esquerda e da esquerda para a direita novamente, me perguntando a opinião sobre os modelos. Digo que não entendo de moda, mas que ela está linda em todas as roupas.

— Lisonjeada, mon ami! Creio que ficarrei com este — decide-se, por fim. Ouço o quase imperceptível som da impressora 3D esculpir a roupa à volta da linda mulher, que então aparece na porta, à minha frente, belissimamente trajada no modelo recém-fabricado.”

Abraço!

 

Comments

Comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *