Minha estreia como autor na antologia Amores Impossíveis 2


Eu já escrevia antes, afinal todos que tem as palavras nas veias não conseguem deixá-las presas dentro de si.

Contudo não havia publicado formalmente meus escritos antes. Apenas em blogues, Tumblr etc.

Depois que ingressei nos cursos da Fábrica de Autores, minha técnica melhorou muito. Dentro do grupo de alunos da Fábrica me foi dada a chance de me candidatar a participar de antologias organizadas pela escritora Lycia Barros, que está à frente da Fábrica de Autores e do grupo Ases da Literatura.

E meu conto “No ontem te amarei” foi aprovado!  Assim, corri para fazer a averbação da obra na Biblioteca Nacional e depois para a comemoração.

Alguns trechos de “No ontem te amarei”:

 

“– Para sempre serei sua lua, meu sol. Mesmo que o tempo nos afaste cada vez mais…”

 

“Volto-me para meu visor… Sintonizo na realidade do estranho encontro com aquela senhora. Lá está a praça. Não vejo a mulher em parte alguma. Por outro lado, é difícil dizer se ela já não passou por ali: as imagens passam ligeiras de trás para frente. Comuto para outra realidade, esta passa na mesma direção que a minha. Mais devagar, porém. Guerras, sangue e morte, tudo em câmera lenta. Horror! Melhor desligar.”

Os demais contos dos meus colegas escritores são todos maravilhosos. Vale a pena conferir o livro, você pode adquiri-lo aqui (role a página para encontrar o  Amores Impossíveis).

E não se esqueça de conferir o book trailer.

Comments

Comentários

Powered by Facebook Comments


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 pensamentos em “Minha estreia como autor na antologia Amores Impossíveis